.

 

      Exames Audiológicos     
      Exames Eletrofisiológicos     
      Exames Otoneurológicos     
      Aparelhos Auditivos Telex     
      Terapias Fonoaudiológicas     
      Saúde do Trabalhador     
      Outros Serviços     

  

ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Avenida Getúlio Vargas, 1578
Centro - Barão de Cocais - MG
Tel.: (31) 3837.1230

Também em Santa Bárbara - MG
Tel.: (31) 3832.4422

www.salutefono.com.br atende@salutefono.com.br


Saúde Auditiva do Trabalhador

Audiometria Ocupacional

A audiometria ocupacional deve ser realizada em todos os trabalhadores que exercemas atividades em ambientes ruidosos. Deve ser realizado com um repouso auditivo de 14 horas. O objetivo é avaliar a audição dos trabalhadores e detectar o quanto escuta naquele momento e as possíveis alterações já existentes. É uma obrigação legal e é muito importante a audiometria ocupacional seja realizada, na admissão, seis meses após a contratação, anualmente, em caso de restrição, realiza após o retorno ao trabalho, no caso de mudança de função ondepassa a exercer sua atividade em área com exposição ao ruído e na demissão.

O exame deve sempre vir acompanhado dogerenciamento audiológico, com um controle da evolução audiológica de cada trabalhador da empresa, esta busca, visa a estabilidade auditiva de todose o monitoramento das alterações existentes, possibilitando também o controle do agravamento ou desencadeamento auditivo. Agindo desta forma o profissional que realiza este gerenciamento, poderá agir preventivamente de forma a orientar o trabalhador e a empresa quanto aos possíveis riscos que precisam ser identificados e controlados.
Os efeitos danosos provocados pelo ruído vão muito além das perdas auditivas. Hoje, na literatura especializada, o agente ruído apresenta inúmeros distúrbios provocados ao homem, tais como: alterações do aparelho digestivo, alterações cardiovasculares, problemas de ordem sexual e mudança de comportamento social. Todos esses efeitos não auditivos, atuam sobre os trabalhadores durante a sua jornada de trabalho e interferem no seu desempenho profissional, como baixa performance, comprometendo seu rendimento, podendo este até causar acidentes e automaticamente prejudicar a si e a empresa.


Programa de Conservação Auditiva para Empresas

Implantação ou implementação do PCA

O Programa de Conservação Auditiva, como o próprio nome já diz, tem como objetivo conservar e prevenir a saúde auditiva dos seus funcionários visando melhorar a qualidade de vida.

Uma vez adquirida a perda auditiva ocupacional será irreversível não existem recursos, medicamentos ou cirurgias que possam recuperar a audição perdida só nos basta estabilizar através do Programa. Os objetivos do PCA levam em consideração as necessidades da empresa, o PCA é um conjunto de medidas coordenadas que previnem a instalação ou evolução das perdas auditivas ocupacionais, é um processo contínuo e dinâmico de implantação de rotinas. Onde existir o risco para a audição do trabalhador há necessidade de implantação do PCA.

É um programa previsto na Portaria 19 do Ministério do Trabalho de 1998 e na Norma Regulamentadora 7 (NR-7) e na NR-9 buscando “a preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e consequente controle da ocorrência de riscos ambientais existentes ou que venha a existir no ambiente do trabalho”. O instrumento de gestão transparente e participativa que pressupõe ações a serem desenvolvidas no âmbito da empresa sob a responsabilidade do empregador.

A conservação auditiva nas empresas valoriza o trabalhador, promove a elevação da autoestima do funcionário, fazendo com que ele trabalhe mais satisfeito e sentindo-se seguro no âmbito ocupacional. O ruído associado a agentes químicos, radiações ionizantes, frio/calor/vibração, acidentes com traumatismo cranioencefalico, barotraumas e alérgenos, são agentes ocupacionais que provocam perdas auditivas.

É necessário motivação da empresa e funcionário para que a implementação do programa seja eficaz, pois os benefícios atingem as duas partes, trazendo conforto, segurança e lucratividade para a empresa. 
O objetivo principal do PCA é assegurar a saúde auditiva dos trabalhadores expostos a níveis elevados de pressão sonora, dando ênfase à qualidade de vida do trabalhador, evitando perdas auditivas induzidas por ruídos ou agentes nocivos e reduzir os efeitos que o ruído pode causar no organismo.

Objetivos específicos do PCA:

• Melhorar a qualidade de vida do trabalhador
• Identificar funcionários com problemas na audição
• Diagnosticar precocemente as perdas auditivas
• Adequar as empresas às exigências legais
• Reduzir custo de insalubridade
• Redução de reclamatórias trabalhistas

A Clínica Salute oferece no programa do PCA um processo dinâmico, contínuo e planejado através de:

• Palestras sobre o efeito do ruído na audição, conscientização sobre o efeito do ruído na vida profissional e social do indivíduo entre outros assuntos;
• Estudo na avaliação e monitoramento do ruído;
• Conhecimento do local de trabalho;
• Gerenciamento audiológico dos trabalhadores expostos ao agente ruído;
• Controle e qualidade na calibração dos equipamentos utilizados na realização dos exames (audiômetro e cabina acústica calibrados);
• Estudo de medidas junto às áreas específicas, a fim de melhorar a exposição dos trabalhadores ao ruído.

Para o sucesso do Programa necessitamos de uma ligação multidisciplinar com vários profissionais, como técnicos de segurança do trabalho, médico e fonoaudiólogo, entre outros.

Este intercâmbio de informações traz resultados esperados para a gestão do conhecimento e para elaboração de ações necessárias nas áreas que necessitam de modificações.

Marcius